.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Academia Esportiva
  Papo Especial
  Especiais PB
  O Jogo da Minha Vida
  Rádio PB
  PB Interativo
  Sites Parceiros
 

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

24 HORAS
Futebol, esportes, sintonias e belas

.

Sábado e domingo, 29 e 30 de dezembro de 2012 - ANO 10, EDIÇÃO 134
Os 50 anos da RBS TV

Uma das emissoras mais importantes da Rede Globo de Televisão, possivelmente a mais importante daquelas que não são próprias da matriz, a RBS TV de Porto Alegre completa 50 anos de funcionamento neste sábado, embora a festa já tenha acontecido há duas semanas. Antes chamada TV Gaúcha (nome usado até a virada dos anos 70 para 80), é o canal aberto mais antigo dos que estão no ar aqui em Porto Alegre, embora seja o segundo criado nesta metrópole em todos os tempos. Isso pode ser atestado a seguir:

20 de dezembro de 1959 - TV Piratini, canal 5 (extinta em 18 de julho de 1980)
29 de dezembro de 1962 - TV Gaúcha (atual RBS TV), canal 12
10 de outubro de 1969 - TV Difusora (atual TV Bandeirantes), canal 10
29 de março de 1974 - TVE, canal 7
10 de março de 1979 - TV Guaíba, canal 2 (extinta em 30 de junho de 2007)
14 de julho de 1980 - TV Pampa, canal 4
26 de agosto de 1981 - SBT, canal 5
16 de janeiro de 1992 - TV Urbana, canal 55
15 de maio de 1995 - TVCOM, canal 36
26 de novembro de 2004 - Ulbra TV, canal 48
1° de julho de 2007 - TV Record, canal 2

Este tópico procurará resgatar vídeos que pontuem um pouco desta história de 5 décadas, lembrando de jornalistas e comunicadores que dela fizeram e fazem parte. Nada muito grandioso, apenas... muito grande. Certamente esquecerei de muitos programas, projetos e profissionais, mas peço um desconto aos amigos do Rio Grande do Sul e do Brasil pois em dois dias foi o melhor que pude fazer (sim, fiz tudo só de quinta-feira para cá).

O começo com a Excelsior

No princípio, a TV Gaúcha começou com programação toda local, mas pouco depois se afiliou à Rede Excelsior. Este período é representado aqui (postado por raridadesdatv), na vinheta com o famoso casal de bonecos. Entre as atrações regionais, uma muito assistida era o "Ringue Doze", que tinha lutas livres realizadas no ginásio da Brigada Militar e apresentação de Éldio Macedo, uma fase que foi lembrada aqui (postada por telecatchbrasil). Havia ainda produções de dramaturgia, como esta aqui (postada por raridadesdatv): "O Manto Sagrado", de 1964. A TV Gaúcha ficou com a Rede Excelsior até 1967, quando a trocou em definitivo pela Rede Globo.

"Jornal do Almoço"

O grande marco da RBS TV é este, indubitavelmente, pioneiro que foi na faixa do meio-dia ao estrear em 1972 e ter cerca de duas horas de duração. Um pouco do seu princípio pode ser visto aqui (postado por gustavoractz3). A primeira apresentadora foi Tânia Carvalho e, naquela década de 70, compunha o "JA" gente como Zona Yonara, Pedro Sirotsky, Roberto Gigante, Carlos Nobre, Mendes Ribeiro, Rejane Noschang, Ruy Carlos Ostermann, Celestino Valenzuela, Suzana Saldanha, Célia Ribeiro, Dirce Brasil Ferrari e Bira Valdez, entre outros.

Maria do Carmo começou na TV Difusora, que na segunda metade da década de 70 fez concorrência com outro forte representante, o "Portovisão", e chegou à TV Gaúcha em 1976. Ela - que atualmente apresenta as tardes da Rádio Guaíba de segunda a sexta - ainda hoje é a apresentadora mais identificada com o "Jornal do Almoço" para quem é da geração dos anos 80. Algumas amostras: de 1981 (postado por jordaoqualquer), ela, Suzana Saldanha e Carlos Urbim entrevistam Elis Regina; de 1988 (postado por tratorrgs), o começo de um "JA" de sábado com ela, Cunha Jr., Rogério Mendelski, Elói Zorzetto e Rogério Amaral; e do mesmo ano (postado por vairestv), o início de uma edição durante a semana, com Maria, Vera Armando, Celestino Valenzuela e Rejane Noschang.

Maria ficou no "JA" até 1994, quando ingressou na vida política e, após deixá-la, trabalhou na Band e na Ulbra TV até chegar à Rádio Guaíba. Em seu tempo, o noticiário tinha como trilha de passagem dos intervalos "Spirit of Radio", com Rush. Tudo a ver, pois muitos componentes do programa foram ou ainda hoje são pessoas de rádio, como os vistos aqui (postado por diler2006b): em 1989, ela, Lasier Martins e Lauro Quadros.

De 1991, apresento aqui (postado por diler2006b) um "Jornal do Almoço" completo, com apresentação de Maria do Carmo e Lasier Martins, além das participações de Adriana Saldanha nas dicas culturais, Ivo Stigger falando de cinema, Paulo Sant'Ana sempre presente, Marjana Vargas no esporte, Lauro Quadros comentando futebol e, por fim, a "Rede Regional de Notícias", com Sérgio Stock e Cristina Ranzolin. Os repórteres que aparecem são: Francisco Ferreira, há muitos anos apresentador de jornais em Ribeirão Preto e hoje na Record; Júlio César Santos, outro rosto marcante da RBS, por muitos anos do geral e há alguns anos retornado ao esporte; César Fantti, em Uruguaiana; e Gilberto Lima, que nunca mais vi no vídeo. Há ainda os comentários de Antônio Britto e Mendes Ribeiro. Nos créditos finais, entre os editores aparece a hoje apresentadora Laura Medina.

A partir de 1988, o "JA" começou a ter algumas edições apresentadas pelo interior gaúcho, com sua equipe indo a diversas cidades. Um destes especiais está aqui (postado por skatesantacruz1): o de 1992, em Santa Cruz do Sul, com Maria do Carmo, Lasier Martins e Regina Lima. Mas voltando a 1988: o ponto de partida foi Erechim, com Maria, Lasier, Paulo Sant'Ana, Lauro Quadros e cia. ali presentes, no que aconteceria mais de 100 vezes depois. Quando isso completou 20 anos, Lasier recordou aqui (postado por tratorrgs), um dia depois de retornar a Erechim para outro especial, junto com Rosane Marchetti, Paulo Brito e Luiza Zanchetta.

Lasier Martins é a maior bandeira do "JA" na atualidade, presente nele está desde 1987, após chegar à RBS no ano anterior, depois de encerrar na Copa do Mundo no México sua trajetória na Rádio Guaíba. Em 1989, como assistem aqui (postado por mrzegalia), ele foi à Itália entrevistar brasileiros ali atuantes, como os jogadores Dunga e Renato Portaluppi, o comunicador Zé Galía e o jornalista Roberto "Pato" Moure. Já em 1993 (postado por tratorrgs), vejam ele encerrando um "JA" junto com Lauro Quadros e Eloísa Zorzetto, a irmã do Elói, que também nunca mais vi no vídeo. E de 1995 (postado por 87gfm), trago ele - que há poucos anos admitiu ser colorado - apresentando com o então não mais comentarista de futebol Lauro Quadros, uma fardada de tricolor Regina Lima e ainda Paulo Roberto Falcão o "JA" do dia seguinte à segunda Libertadores vencida pelo Grêmio.

A década de 80 e a primeira metade dos anos 90 ainda tiveram outras figuras em destaque. A já citada Regina Lima despontou no "Jornal do Almoço" depois de estrear na RBS TV com o programa de ginástica "Vida Ativa", que era exibido antes do "Telecurso" - que abria a grade nacional da Globo às 6h30. Antes ainda dela, tínhamos Adriana Saldanha, há muito tempo na ESPN Brasil e atual diretora da "Caravana do Esporte", que veem aqui (postado por lucalbo) apresentando uma matéria sobre a banda Cascavelettes. A entrevista é Cláudia Soares, que sempre foi uma que gostei pra burro de assistir por ser bonita, simpática e com uma bela voz. Atualmente, ela é locutora comercial e também é cantora, sendo sua a voz do excepcional tema da Band no Pan-Americano de 2007.

Cunha Jr., também já destacado, há muitos anos está em São Paulo e é uma figurinha carimbada da TV Cultura. Vera Armando, que veem aqui entrevistando em 1988 o diretor teatral Júlio Conte, passou parte da década de 90 na Band/RS e, há cerca de 15 anos, é a grande estrela da TV Pampa, mais de uma década deste período na condução do "Pampa Meio-Dia". Ainda do "JA", acompanhem aqui (postado por julioconte1955) o ator Marcos Breda ser entrevistado em 1994 por Rogério Mendelski, hoje colega da Maria do Carmo na Rádio Guaíba, e por outra que era minha paixonite na época: Carla Bello, que deixou a TV há muitos anos e hoje exerce a advocacia.

Nessas pesquisas todas, encontrei até algo que pegou fundo comigo: isto aqui (postada por baudarbstv), que vem a ser a chamada do "JA" de 16 de setembro de 1995, feita por Regina Lima e pela voz-padrão de Sérgio do Erre. Para quem me acompanha de longa data, desnecessário explicar. Mas resumo: neste dia, completei 14 anos.

Uma reformulação no "Jornal do Almoço" acontece em 1996, com a apresentação sendo assumida por Cristina Ranzolin, que regressava após três anos na Rede Globo. Foi justamente neste ano que aconteceu aquele que é o maior incidente da história do programa. Claro, me refiro ao choque elétrico sofrido por Lasier Martins durante uma entrada ao vivo desde Caxias do Sul, onde estava acompanhado do cinegrafista Antônio Pederneiras - atuante na emissora desde 1967. O choque foi revivido em 2010, com direito a imagens inéditas de bastidores, o que está aqui (postado por poafernando). Até hoje este é um dos grandes clássicos da Internet e, só mesmo no resgate de 2010, Lasier assistiu pela primeira vez as cenas. Uma pena ele ficar marcado para muita gente fora do estado por este episódio e não pelo reconhecido talento jornalístico que lhe tornou o comunicador n° 1 do segmento.

Junto com Cristina Ranzolin, quem também chegou à apresentação do "JA" foi Rosane Marchetti. A partir de então, as duas deram uma nova cara ao noticiário, no qual a primeira continua até hoje e a segunda saiu em 2010, depois de alguns anos com ausências prolongadas por dedicar-se a vários "Globo Repórter". Veja aqui (postado por diler2006b) o começo da edição da quarta-feira do segundo jogo da final do Campeonato Gaúcho de 1999, sobre a qual Lasier Martins esclarece que a RBS TV queria mostrar às 21h40 para o interior do estado, não sendo possível pois Grêmio e Internacional bateram pé para mantê-lo às 21h, resultando em transmissão apenas na TVCOM e restando ao canal 12 formar rede com a Globo para Palmeiras x Deportivo Cali, na decisão da Copa Libertadores. Paulo Sant'Ana fez 60 anos na semana em questão, mas não compareceu por estar adoentado.

Uma dose a mais de Cristina Ranzolin está aqui (postada por ppzan), num "JA" de 2002 com uma reportagem sobre os 40 anos da RBS TV, com a locução de Cláudio Brito, outro nome marcante da casa. E uma dose a mais de Rosane Marchetti assistem aqui (postada por 00221104020), apresentando em 2006 uma matéria de Giovani Grizotti sobre a "máfia das próteses". Repórter investigativo, Grizotti já fazia sucesso na Rádio Gaúcha e passou a conciliá-la com a TV, depois ficando somente nesta. Hoje, é figura de destaque também do "Fantástico".

Tendo Lasier somente como comentarista e duas apresentadoras, o "JA" foi bastante habitado por rostos novos a partir dos anos 2000. Um muito frequente foi Daniela Ungaretti, praticamente a substituta oficial de Rosane nas ausências desta por conta do "Globo Repórter". Aqui está (postado por tratorrgs) ela em 2008, apresentando o quadro "Iotti Repórter" junto com Carla Fachim, à época repórter e apresentadora substituta. No mesmo ano, foi pelo "Jornal do Almoço" que a nova logomarca da RBS TV foi apresentada ao público em entrevista da Rosane com seu desenhista, Hans Donner, exibida aqui (postada por diler2006b) em edição apresentada por Cristina Vieira e Paola Vernareccia, então titulares respectivamente de "RBS Notícias" e "Bom Dia Rio Grande".

Desde o fim de 2010, o "JA" tem Cristina Ranzolin como apresentadora única, com Carla Fachim como reserva imediata. Antes desta mudança, naquele mesmo ano, as duas e mais Paulo Brito apostaram no marcador da primeira partida decisiva do Campeonato Gaúcho, como atestam aqui (postado por fnando1979). Chutes mais do que lógicos: Brito foi de 2 x 2, para "se preservar"; Cristina foi de 2 x 0 pro seu Internacional; e Carla cravou 2 x 0 para o seu Grêmio, sendo a acertadora máxima da ocasião, pois foi exatamente este o escore do clássico.

"Rede Regional de Notícias"

Na década de 80, quando a RBS TV passou a ter emissoras no interior do Rio Grande do Sul, foi criado este segmento no "JA", que integrava as afiliadas para noticiar os fatos do estado. Um exemplar especial de 1994 está aqui (postado por diler2006b), com Sérgio Stock apresentando: as repercussões do Brasil campeão mundial após 24 anos, com reportagens de Júlio César Santos, Marjana Vargas e Eloísa Zorzetto. Na reformulação de 1996, a "Rede Regional de Notícias" saiu de cena e deu lugar ao "JA Notícias", que destaco aqui (postado por tratorrgs) em 1998, também com Sérgio Stock. Anos depois, o "JA Notícias" acabou. Agora, é tudo só "Jornal do Almoço". Stock, que deixou a RBS na década de 2000, trabalhou na Record e atualmente está na Bandeirantes.

Paulo Sant'Ana

Merece um capítulo à parte. Torcedor fanático do Grêmio, protagonizou grandes momentos ao longo de décadas no "JA", do qual é um dos pioneiros. Recordo quatro célebres momentos dele exaltando o Tricolor: de 1995 (postado por 87gfm), quase sem voz dois dias depois do segundo título da Libertadores; de 1996 (postado por guipaniagua), tomando um café com leite da Parmalat, parceira do Juventude, vencido no dia anterior na final do Gauchão; do mesmo ano (postado por diler2006b), "JA" aberto por cenas dele levantando a torcida no Olímpico e acompanhado pelo então colega de Rádio Gaúcha e repórter Farid Germano Filho; e de 2007 (postado por goldogremio), vestido de mosqueteiro após o triunfo diante do Santos na Copa Libertadores.

Justamente por ser tão gremista, Sant'Ana viveu embates divertidíssimos com a tão colorada Cristina Ranzolin sobretudo nos últimos anos. Teve até ele cantando o hino do Internacional quando ela aniversariou em 2006, o que assistem aqui (postado por ricardobuchner). No mais, dê-lhe flauta de parte à parte, como em 2008 (postado por ricardobuchner). Em 2009 (postado por fegrisch), Sant'Ana deitou e rolou sobre Cristina após o Grêmio ganhar o clássico do centenário. Em 2010 (postado por debrapax), ela e Jader Rocha viram uma entrada inacreditável de Pablo, que imitou Kidiaba após Mazembe x Inter. Já em 2011 (postado por luciofinkler), foi a vez da Cris rir por último com o Colorado do seu marido Paulo Roberto Falcão campeão gaúcho naquela excelente final.

Mas Paulo Sant'Ana também mostrou sempre um carinho especial pelo Brasil de Pelotas. Exemplos? (quase todos postados por celobarboza) Em 1985, comentou a vitória xavante sobre o Flamengo, pelo Brasileirão; em 1996, vestiu a camisa do time após a semifinal vitoriosa de Gauchão contra o Inter; em 2008, reforçou seu apreço pelo Xavante; em 2009, interrompeu suas férias para comentar a tragédia com o ônibus da equipe, que vitimou alguns de seus componentes, incluindo o artilheiro Claudio Milar; e em 2011 (postado por xavante65), novamente vestiu a camisa do Brasil quando o clube completou 100 anos.

Houve ainda espaço para tratar de assuntos que não do futebol - aliás, quase sempre foi assim, é que o futebol o fez muito famoso. Em 1992 (postado por emiliopacheco), Paulo conversou com o cirurgião Ivo Pitanguy, que operou seu rosto após uma deformação por uma paralisação facial. Atualmente, Sant'Ana só faz o "JA" muito de vez em quando devido aos vários problemas de saúde que enfrenta há bastante tempo.

"Bom Dia Rio Grande" e "RBS Notícias"

Deles não falarei neste tópico dos 50 anos do canal 12 de Porto Alegre por um único e simples motivo: quinta-feira da semana que vem, ambos completarão 30 anos no ar. Afinal, em 3 de janeiro de 1983, a Rede Globo estreou o "Bom Dia Brasil" e novos noticiários regionais (que incluíram, por exemplo, "Bom Dia Rio", "RJTV" e "SPTV"). Então, tudo deles - ou muita coisa, mas não rigorosamente tudo - será destacado no dia em questão.

"Redação RS"

Estreou no fim de 2007 e ocupava a faixa criada pela Rede Globo para versões locais do "Radar", com cerca de 5 minutos entre o fim do "Bom Dia Brasil" e o começo do "Mais Você". Em 2009 (postado por mmrosser1), este era um dos microjornais com 10 minutos de duração, a exemplo dos "Radar" de São Paulo e Rio de Janeiro, além de outras áreas do país onde o "Bom Dia" acabava 5 minutos mais cedo em final gravado. Na edição aí vista, o apresentador era o então homem do tempo Cláudio Andrade, hoje na Band - então substituindo a titular Paula Valdez -, com a previsão noticiada por Luiza Zanchetta, hoje na Record, e reportagens de Luciane Kohlmann, então em Brasília e hoje aqui em Porto Alegre, e Brenda Parmeggiani, da RBS de Santa Cruz do Sul.

Em 2012, o "Redação RS" voltou ao ar com boletins nos intervalos ao longo da programação de manhã e tarde.

"Teledomingo"

A partir de novembro de 1997, passou a ocupar os finais de noite de domingo - isso quando, por conta da grade nacional, não entrava já no começo da segunda-feira mesmo. Desde então, é "a" opção regional do horário, no qual não tem concorrentes. Seus primeiros apresentadores foram Paola Vernareccia e Régis Rosing, que saiu após cerca de um ano para ser repórter esportivo na TV Globo do Rio de Janeiro e foi substituído por Túlio Milman. Em 1999, foi Paola que saiu para dar lugar a Regina Lima. Então, Túlio e Regina formaram a grande dupla que virou "a cara" do programa, desfeita que foi neste ano, quando ela saiu para ficar apenas de repórter do "Jornal do Almoço" e ele saiu em setembro para outros projetos, sendo substituído por Maíra Gatto.

Algumas memórias do "Teledomingo": de 1998 (postada por agconline), uma chamada com Paola e Túlio, que estava o próprio Tom Hanks da década de 80, visualmente falando; de 1999 (postada por tratorrgs), uma abertura com Regina e Túlio; de 2000 (postado por pedrosortv), com Túlio ausente, Regina foi acompanhada de André Haar para apresentarem uma reportagem de Cristiano Dalcin - estes dois atualmente colegas na Record; em 2011 (postado por elisonmp), Regina entrevistou Rosane Marchetti quando de sua luta contra o hoje superado câncer de mama; e de 2012 (postado por thespacelost), uma reportagem de Roberta Salinet - de aniversário neste sábado junto com a empresa onde trabalha, a propósito - é apresentada por Maíra Gatto, que tem no "Teledomingo" sua primeira grande presença como "linha de frente" na RBS, da qual foi repórter em Brasília.

Uma curiosidade: no primeiro ano deste programa, quem aparecia apresentando a agenda cultural é Renata Fan. Sim, a mesma que em 1999 foi Miss Brasil e que hoje é a condutora do "Jogo Aberto", da Rede Bandeirantes. Lamentavelmente, até hoje nunca achei um só vídeo que fosse desta fase - e nem a RBS reprisou nada nunca.

Eleições

Duas de coberturas eleitorais que separei: de 1990 (postado por agconline), um "RBS Notícias" com Elói Zorzetto e reportagens de Heidy Gerhardt, que estava na TVE até onde eu sabia, e Alexandre Kieling, outro que há tempos não vejo na TV, depois dele a fita do postador encerrando com um fecho da cobertura eleitoral feito por Cláudia Nocchi, também por anos um rosto constante na emissora e que não sei por onde anda.

O outro foi em 2006: o "Fala Rio Grande", quando no mês anterior à eleição para governador houve um giro por 30 cidades pequenas do interior em 30 dias feitos por uma equipe que tinha os apresentadores Túlio Milman e Cristina Vieira. Um resumo deste projeto pode ser visto aqui, em exibição no "Documento", da TVCOM, apresentado por Simone Santos - que não chegou a ser titular da RBS TV de Porto Alegre até ir no ano seguinte pra Record, mas foi apresentadora por um tempão do "Jornal do Almoço" em Caxias do Sul. O postador deste vídeo foi o então produtor do projeto Tiago Dimer, que mais à frente foi repórter da Record/RS e, por alguns anos, apresentou o "Balanço Geral" na TV Tropical, afiliada da Record no Rio Grande do Norte.

Coberturas urgentes

A vinheta de plantão aparece muito raramente, mas em certo momento de 2007 ela foi vista seguidamente e de forma muito triste, já que noticiou a tragédia do voo JJ 3054, da TAM, no aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Um destes plantões está aqui (postado por diler2006b) e é apresentado por Elói Zorzetto. Naquela cobertura, a principal repórter da RBS TV foi Eduarda Streb, que estava a serviço do SporTV no Pan-Americano do Rio.

"Patrola"

O programa jovem da RBS TV é exibido aos sábados desde 1999 e chegou a ser exibido para todo o país por algum tempo pelo Multishow. Os primeiros apresentadores foram Mauren Motta, que deixou a televisão após sair do programa em 2006, e Gabriel Moojen, que saiu em 2004 para a MTV e hoje está na "Zona de Impacto", do SporTV. Veja aqui (postado por abhud1985) ele entrevistando Iotti quando dos 19 anos de Radicci.

Gabriel foi substituído por Ico Thomaz, que veem aqui (postado por plisot) em ação em 2005. Neste exato ano, quem chegou foi Rodaika Daudt - hoje só Rodaika -, que acompanham aqui (postado por channelrec) papeando em 2008 com a banda Reação em Cadeia. Mas muito antes do "Patrola", ela já era um rosto conhecido da RBS TV tanto por ser a primeira apresentadora do "Vida e Saúde", no fim de 2003, quanto por ser repórter geral, o que é recordado aqui (postado por feecris), em presença sua no "Jornal do Almoço" de Pelotas em 1996.

A partir de 2009, o "Patrola" voltou a ter um trio quando Ico e Rodaika ganharam a companhia de Luciano Lopes, mais conhecido por L. Potter, que veem aqui (postado por faclubelpotter) numa matéria em Abu Dhabi, onde seu Internacional disputou o Mundial de Clubes em 2010. Ico deixou a RBS TV no começo deste ano e, desde então, as matérias são reportadas apenas por Potter e Rodaika, que também é a diretora geral da atração.

"Galpão Crioulo"

Há e houve vários programas dedicados à música tradicionalista do Rio Grande do Sul na TV, mas o "pai" deles todos surgiu em 1982, em estreia recordada aqui (postada por 1igormunarim). Antônio Augusto Fagundes liderou as manhãs de domingo de gaúchos e gaúchas de todas as querências até 2004, quando ficou adoentado e, por isso, seu sobrinho Neto Fagundes assumiu a condução, posteriormente eles ficando juntos até este ano.

Nico Fagundes deixou o programa em 2012, acreditava-se que por conta da sua saúde, mas dias depois vimos que foi não apenas por isso, mas também por sair candidato à Câmara de Vereadores de Porto Alegre - para a qual não foi eleito. Então, Neto Fagundes ganhou a companhia da cantora Shana Muller na apresentação, o que assistem aqui (postado por 1igormunarim).

O "Galpão Crioulo" sempre foi transmitido nas manhãs de domingo, mas por um breve período no fim da década de 90 foi ao ar nas tardes de sábado, quando a Rede Globo deslocou para os domingos o "Esporte Espetacular". No remanejo feito então, a atração regional migrou de novo pras manhãs dominicais, mas para o início deles, por volta das 6 horas, ocupando tanto o espaço reservado para semanais locais (ocupado pelo "Globo Comunidade" no RJ e pela "Antena Paulista" em SP) quanto parte da faixa da "Santa Missa em Seu Lar".

"Campo e Lavoura"

É o outro programa da RBS TV que ocupa a faixa da "Santa Missa", por volta das 5 e meia da manhã. Antigaço, está no ar desde 1975, antecedendo o próprio "Globo Rural", que surgiu apenas em 1980. Seu apresentador atual é Irineu Guarnier Filho, nele desde 1996 e que veem aqui (postado por diler2006b) encerrando uma edição de 2006. Quando ele se ausenta, geralmente outras jornalistas o substituem, a mais frequente dos últimos tempos sendo Camila Martins, a mascotinha do tempo do "Jornal do Almoço" e do "RBS Notícias".

Mas outros dois vídeos merecem destaque pela curiosidade: de 1993, uma breve aparição de Rosane Marchetti como apresentadora; e de 1988 (postado por tratorrgs), notarão que a apresentadora é Cristina Ranzolin, então recém-chegada à RBS TV, onde começou cobrindo esportes pois era a única vaga disponível à ocasião.

"Vida e Saúde" e "Anonymus Gourmet"

O primeiro abre as manhãs locais de sábado desde o fim de 2003, quando estreado com a já citada Rodaika Daudt e Maurício Berlin, outro que nunca mais achei no vídeo há um tempaço. Poucos anos depois, assumiu a dupla que deu "a" cara ao programa, formada por Laura Medina e Isabel Ferrari, vistas aqui (postado por pedromaron) em uma reportagem de 2008, quando o "Vida" tinha cenário - atualmente, é todo em externas.

O segundo vem logo na sequência e está no ar desde 2003 na RBS TV, mas já desde 1995 pela TVCOM. Foi nesta atração que aconteceu uma virada na carreira de José Antônio Pinheiro Machado, que já era conhecido do canal 12 por apresentar o programa semanal "RBS Entrevista", mas se popularizou de vez como o gourmet anônimo do bordão "voltaremos!". Eis aqui (postado por feneme) uma participação dele num "Jornal do Almoço" de 2008, quando feito direto do Centro de Porto Alegre para marcar o lançamento da transmissão em HD.

"Garota Verão"

É o grande concurso de beleza do Rio Grande do Sul, que existe desde 1983 e é como se marcasse o fim da estação para os gaúchos quando da sua realização, sempre pontuada pelo famoso tema musical "Thief of Hearts", com Melissa Manchester, que ouvem aqui - e que, curiosamente, ficou marcado por um concurso de mulheres bonitas, mas cuja letra fala de um homem (dizem, embora eu discorde) bonito, que era o personagem de Steven Bauer no filme "Ladrão de Corações", de 1984.

Uma beleza que surgiu no Garota Verão foi Luize Altenhofen, terceira colocada na edição de 1996, o que assistem aqui (postado por diler2006b). Depois, como bem sabem, ela apresentou vários programas esportivos, tanto radicais no SporTV quanto de futebol e de modalidades gerais na Bandeirantes. Neste fim de ano, ela aparece no quadro "Nas Ondas do Rio", do "Esporte Espetacular".

A voz-padrão da apresentação do concurso é de Sérgio do Erre. No entanto, entre 2005 e 2010 ele esteve fora - aqui no RS, pois seguiu normalmente em SC - por sair da RBS para trabalhos em outras emissoras, como Band e Record, das quais foi voz-padrão. Seu substituto foi outro vozeirão de respeito: Marco de Vargas. Sim, o "é rede!" que foi a voz do Fox Sports na Libertadores conquistada pelo Corinthians. Um trecho do Garota Verão com a voz de Marco está aqui (postado por victorsmrs), com Maysa Bonissoni apresentando o programa da TV.

Em 2011, Marco ficou de novo somente no futebol pois Sérgio do Erre deixou a Record e voltou pra RBS, assim regressando à locução do Garota Verão, que veem aqui, com Rodaika, Ico Thomaz e Paula Valdez.

Carnaval de Porto Alegre

Atualmente é transmitido na sexta-feira e no sábado, ocupando os espaços dos desfiles de São Paulo, que a Globo mostra para quase todo o Brasil, mas por um tempão era em noite única na terça-feira. Já depois desta fase, eis aqui (postada por diler2006c) a chamada da cobertura de 2009, destacando a apresentação de Maurício Saraiva, que tem no samba uma grande paixão e divide esta função com os comentários de futebol.

"Jornal da RBS"

Foi ao ar entre 1984 e 1997, no fim de noite, por muitos anos ocupando o espaço do "Jornal da Globo" e, por isso mesmo, mesclando notícias nacionais e internacionais com as regionais.

Alguns trechos (todos postados por diler2006b): de 1987, apresentador que não reconheci anuncia uma reportagem de Ricardo Von Dorff, hoje na RBS de Florianópolis; de 1989, Cláudia Nocchi e Geraldo Canalli - a dupla que mais recordo neste noticiário - apresentam reportagens de Ângela Sander e Luiz Antônio Corazza; de 1992, Cláudia e Flávio Porcello apresentam reportagens de Helena Martinho, que não sei por onde anda, e Julieta Amaral, até hoje na RBS de Rio Grande, e o comentário econômico de Gilberto Simões Pires.

Mais trechos: de 1993 (postado por tratorrgs), Geraldo e Renata Amaro, hoje diretora do Instituto Crack Nem Pensar e voz dos reclames do patrocinador do "Correspondente Ipiranga", da Rádio Gaúcha; de 1994, Elói Zorzetto apresenta reportagens de Mauro Welter e Alexandre Kieling, além do comentário político de José Barrionuevo; e de 1996, Sérgio Stock destaca uma reportagem de Deraldo Goulart e o tempo com Bárbara Wolffenbuttel, dois que também não sei por onde andam. Mas a grande curiosidade é para a matéria de Régis Rosing com um humorista que imitava personagens que mandavam recados para Zagallo após a derrota do Brasil na semifinal do futebol na Olimpíada de Atlanta. O humorista é Rogério Forcolen, então participante do "Programa X", na Rádio Atlântida, e o mesmo que desde o fim de 2010 os cariocas assistem no "SBT Rio".

Programas especiais

Atualmente, há uma faixa dedicada à dramaturgia local aos sábados, às 12h30, seja com "Curtas Gaúchos", seja com "Histórias Curtas" ou com outros seriados regionais e produções temáticas.

No passado, quando a grade da Globo dava mais espaço, eram exibidos programas especiais, uns planejados e outros não. Dois exemplos (ambos postados por emiliopacheco): de 1985, "Teixeirinha Especial", com Cunha Jr., exibido no dia seguinte à morte do cantor; e de 1990, "Nenhum Extraño Entre Nós", só com a banda Nenhum de Nós e a apresentação de Cláudia Meneghetti, mais uma que também não sei o que faz atualmente.

Programas extintos

Tem muitos, muitos... Mas selecionei apenas alguns deles pois foi os que consegui encontrar.

Um é o "RBS Documento", que trago aqui (postado por diler2006b e emiliopacheco) em edição de 1985, com apresentação de Roberto Appel, hoje gerente de jornalismo da TV Bahia, com uma matéria sobre o cinema gaúcho. A repórter é Ananda Apple, a mesma atualmente na Globo de São Paulo.

As tardes de sábado tinham o "RBS Revista", com Maria do Carmo, que em 1986 (postado por jonatanfortes) trouxe o humorista André Damasceno imitando Paulo Sant'Ana, com direito à "previsão" que incrivelmente se concretizou: que o Internacional seria campeão mundial de 2006. Só não foi com gol de Portaluppi Jr...

Enquanto foi ao ar de 1974 a 1979 o musical "Transasom", lembrado aqui (postado por emiliopacheco) pelo seu apresentador Pedrinho Sirotsky em 1988, a década de 90 teve os programas "Projeto Conesul", cuja abertura veem aqui (postada por diler2006b) - e no qual passei a acompanhar com maior frequência a repórter Ivani Schutz -, e "RBS Ecologia", do qual uma matéria de Ricardo Azeredo em 1991 está aqui (postada por thiaguitovideos). Enquanto isso, em 2001 tinha o "RBS Comunidade", que destaco aqui (postado por dajolua) com apresentação de Denian Couto, hoje na Rede Massa do Paraná, e reportagem de Mônica Teixeira, hoje na Globo do Rio.

"Vida"

Não dá para falar de RBS TV sem lembrar de sua famosa canção oficial de fim de ano: "Vida". Em 2010, quem a cantou foi Maria Rita, o que assistem aqui.

Encerrando (ufa, ufa!)

Claro que teve muito mais do que apenas ("apenas", seu cara de pau?) isso que aí destaquei, mas para os 50 anos de uma emissora tão importante como a RBS TV, acho que está de bom tamanho. Um canal com muitas qualidades e também com seus defeitos, assim como todos os demais, mas de inegável importância histórica e reconhecimento além-fronteiras. Além disso, tenho ligações com esta emissora desde antes de nascer, pois minha mãe trabalhou nela na década de 70, como secretária dos diretores de programação Fernando Miranda e Clóvis Prates, este o criador do "Jornal do Almoço", além de ser a dona Mara que assinou a carteira de trabalho da por muitos anos jornalista da RBS e atual senadora Ana Amélia Lemos.

Além disso, conforme observei, não estão destacados o "Bom Dia Rio Grande" e o "RBS Notícias", que trarei em tópico especial na próxima quinta-feira, quando completarão 30 anos no ar. E tudo isso que esta "24 Horas" traz não inclui a programação esportiva, que é destacada em tópico semelhante na coluna "Papo de Mídia" de hoje.

Enfim, ficam os parabéns à TV Gaúcha (atual RBS TV) e que muito mais venha nos próximos 50 anos.

Só Fatos, Sem Boatos

Tópico fixo de fim de ano, onde falar de rumores e especulações nos clubes tem a mesma probabilidade que a minha de apresentar um noticiário na RBS TV junto com as musas, deusas e lindonas Carla Fachim, Cristina Ranzolin, Daniela Ungaretti, Gabriella Bordasch e outras mais: zero mais zero igual a zero. Às últimas:

*O Flamengo não vai renovar o contrato do meia Bottinelli.

*O Guarani acertou quatro contratações: Leandro Souza, zagueiro do Santa Cruz; Tiago, zagueiro do Caxias; Weslley, meio-campista do Santa Cruz; e Michel, atacante do Cerâmica. Todos ficarão até maio.

*O Sport recontratou o atacante Roger, da Ponte Preta, por um ano.

*O Bahia acertou com o goleiro Douglas Pires, emprestado pelo Cruzeiro por um ano.

*O Ceará desistiu de contratar o atacante Adílson, do Corinthians, pois problemas cardíacos foram detectados nos exames médicos.

*O ASA adquiriu o atacante Léo Gamalho, do Caxias.

*O América de Natal contratou o meia Cascata, do ABC.

*O Figueirense perdeu o meia Almir, que jogará até maio no Al Salmiyah, do Kuwait.

*O Grêmio fechou com o goleiro Follmann, o zagueiro Bressan, o volante Ramiro e o atacante Paulinho, todos do Juventude, que atuarão no time secundário que jogará o Campeonato Gaúcho.

*O Internacional recontratou Rogério Maia, do Coritiba, para ser seu preparador de goleiros.

*O Goiás não terá mais o atacante Iarley, que será dispensado.

*O Atlético Goianiense tem o retorno do volante Robston, que estava no Ceará.

*O Paysandu contratou o meio-campista Esdras, do Vitória.

*O Santa Cruz de Cuiarana acertou sabem com qual atacante para jogar o Campeonato Paraense? Valdir Papel. Sim, aquele Valdir Papel.

Curtinhas

*Manchester United x West Bromwich e Norwich x Manchester City, hoje, e Everton x Chelsea, amanhã, serão devidamente comentados na coluna de segunda-feira, que valerá também pela terça-feira.

*Próxima edição, a ser publicada depois das 10 da manhã por já repercutir a São Silvestre em novo horário.

*César Cielo não terá renovado seu contrato com o Flamengo. Mais uma grande baixa relacionada à natação, depois que Thiago Pereira também não ficou no Corinthians para o ano que vem.

*Famoso treinador de Gustavo Kuerten em seus anos de glória, Larri Passos chega neste domingo aos 55 anos.

E atenção, pessoas!

Chegou aquele momento de registrar datas em 0 e 5 deste fim de semana: "Sintonia PB", antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

*Neste sábado, completa 65 anos o ator Ted Danson, que os americanos popularizaram na década de 80 com o seriado "Cheers", onde atuou com Shelley Long, Kirstie Alley e Woody Harrelson (lamentavelmente nunca exibido em TV aberta no Brasil, só mesmo pelo Sony), e que os brasileiros recordarão mais das comédias como "Três Solteirões e um Bebê", com Tom Selleck e Steve Guttenberg, e "Feita Por Encomenda", com Whoopi Goldberg e Will Smith. Atualmente, Ted atua no seriado "CSI", no qual ingressou a partir da 12ª temporada.

*Sábado também dos 45 anos de Andy Wachowski, que divide trabalhos de direção, produção e roteiro com o irmão Larry Wachowski, o mais notório deles a trilogia "Matrix" - que, incrivelmente, até hoje não assisti. Eles também assinam filmes como "Speed Racer", "Assassinos" e "Ligadas Pelo Desejo".

*O domingo é dos 70 anos do ator Fred Ward, protagonista de "O Ataque dos Vermes Malditos".

*Domingo também dos 30 anos da gatíssima Kristin Kreuk, a Lana Lang de "Smalville - As Novas Aventuras do Superboy" e atualmente a Catherine de um novo seriado baseado em "A Bela e a Fera".

*Este domingo ainda marca os 40 anos de Selton Mello, que conseguiu consolidar uma bela carreira de ator sem fazer muitas novelas, que foram poucas, algumas delas sendo "Pedra Sobre Pedra", "Tropicaliente", "A Próxima Vítima" e "Força de um Desejo". Outras produções feitas na Globo foram seriados, como "A Cura", "Os Aspones" e "O Sistema", além das versões televisivas dos filmes "A Mulher Invisível" e "O Auto da Compadecida". Hoje, ele está no ar no GNT com a série "Sessão de Terapia".

*No cinema, outras produções com Selton são "Caramuru: a Invenção do Brasil", "Lisbela e o Prisioneiro", "O Cheiro do Ralo", "Meu Nome Não é Johnny", "Jean Charles" e "O Palhaço". Ah! Não nos esqueçamos dele como dublador, claro, fosse o Charlie Brown da Herbert Richers e da VTI, o Daniel San de "Karatê Kid", o Asnésio do desenho "Ducktales", o Jones do primeiro "Loucademia de Polícia" ou o Tio Jesse de "Três é Demais".

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Bela do Dia: Michele Dias

Michele Dias, apresentadora do "Jornal do Almoço" na RBS TV de Santa Maria. Em mais de 9 anos de "24 Horas", já devo ter trazido a esta seção - que sempre digo ser a principal deste PB - praticamente todas as jornalistas bonitonas da RBS, estejam por lá ainda ou já tenham rumado para outros veículos, seja daqui de Porto Alegre ou por todo o interior. Uma das raras que ainda estava inédita era esta moça interessantíssima, que enfim aparece aqui.

Convivas

"Li o livro 'O Anjo Pornográfico', biografia do Nelson Rodrigues escrita pelo Ruy Castro, e nela ele diz que Nelson era muito amigo do Otto Lara Resende, a ponto de colocar o nome dele como sub-título da peça 'Bonitinha mas Ordinária (ou Otto Lara Resende)'. Na peça, o nome do escritor é citado 47 vezes pelos atores. No começo, Otto não teria gostado, mas depois deixou para lá, visto que não havia nada a fazer. *** Vi 'Doce de Mãe' e achei um filme simpático, com momentos mais tristes, mas com uma leveza e uma graça bem contadas na personagem da Fernanda Montenegro. Telefilmes são opções interessantes para produções futuras em nossas TVs. *** Renata Affonso, que era do SBT, estava até onde sei no Futura. Mas Renata Afonso é bem bonita também." (Alexandre Rodrigues Alves)

"Sugiro Missy Peregrym e Blanca Suárez para 'Bela do Dia'. *** Clayton Moreira, transmito a certeza de que a gestão Eduardo Bandeira de Mello será extremamente profissional e, ao fim, coroada de pleno êxito, com a reconstrução do Flamengo que aprendemos a amar. Léo Moura e Renato Canelada, se ficarem, terão substancial redução no salário. Quanto ao traíra do Wellington Silva (quem?), já vai tarde, pois não quer jogar no Flamengo." (Anderson Lhamas)

"Será exagero dizer que Glória Perez deve se arrepender amargamente de um dia ter escrito 'De Corpo e Alma', que só lhe trouxe aborrecimentos? A novela era ruim mesmo! Já reparei que nunca fazem referência a essa trama no 'Vídeo Show' e talvez ela jamais seja reprisada. A morte da Daniela Perez talvez só se compara à de Ayrton Senna em termos de absurdo e choque que causou, pelo menos de 20 anos pra cá." (Clayton Moreira)

Participe pelo papodebola@gmail.com. Sua opinião será registrada nas próximas colunas.

Clipe do Dia

Co-fundador da Electric Light Orchestra, o grande Jeff Lynne completa 65 anos neste domingo. Tendo sido 2012 o ano da Olimpíada na terra da Rainha Elizabeth, claro que destaco aqui "Last Train To London".

Arremate

Campeão mundial de 1966 e autor da assombrosa defesa em 1970, Gordon Banks faz 75 anos neste sábado.

"24 Horas" volta antes que outro goleiro pratique algo tão extraordinário contra a Seleção Brasileira!

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "Papo de Mídia").

TWITTER: @papodebola
E-MAIL: papodebola@gmail.com


LEIA
COLUNAS ANTERIORES
VEJA
"BELAS DO DIA" ANTERIORES

.

.

.


Confira as manchetes do Papo de Bola - o Site, o acompanhamento das rodadas de futebol e comentários diversos. Para ser mais um seguidor, clique aqui.
 
PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.